Share
twitterlinkedinfacebook
Image 1 of 1
Rio Doce 06AMB15 0059 ©ML.jpg
A lama trazida pelo rio Doce chega ao litoral do Espirito Santos.<br />
Espirito Santos, Brasil.<br />
Foto Marcello Lourenço<br />
22/11/2015<br />
<br />
<br />
<br />
A lama trazida pelo rio Doce chega ao litoral do Espirito Santos.<br />
Espirito Santos, Brasil.<br />
Foto Marcello Lourenço<br />
22/11/2015<br />
<br />
A lama mudou a cor da água do Rio Doce na praia de Regência, onde o rio deságua no mar, em Linhares, Norte do Espírito Santo, na tarde deste sábado (21). Por volta das 16h, a água começou a ficar na tonalidade marrom. Uma barreira de 9 km foi montada para proteger a fauna e flora na região e amenizar os impactos da lama.<br />
O Serviço Geológico do Brasil informou que não tem previsão para que a parte mais densa dos rejeitos de mineração da barragem da Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP Billiton, chegue à foz.<br />
A lama está em três municípios do estado: Linhares, que não usa as águas do Rio Doce para abastecimento da cidade. Baixo Guandu, que passou a usar as águas do Rio Guandu. E Colatina, que há quatro dias parou de usar a água do rio.<br />
O rompimento de uma barragem de rejeitos de minério aconteceu no dia 5 de novembro e causou uma enxurrada de lama no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na região Central de Minas Gerais