Share
twitterlinkedinfacebook
Image 1 of 1
PIX kwarup 070219 ©PS.jpg
Lutadores de diversas aldeias se preparam para o Huka-huka.<br />
<br />
Huka-hukaLuta corporal que na terminologia kamaiur· lembra os gritos dos lutadores ao se defrontarem imitando o rugido da onÁa. Os anfitriıes enfrentam uma aldeia convidada de cada vez, comeÁando por lutas individuais de campeıes reconhecidos. Seguem-se lutas simult‚neas de v·rios pares de rivais, atÈ as lutas dos muito jovens. Os lutadores se defrontam batendo o pÈ direito no ch„o, dando voltas no sentido dos ponteiros do relÛgio, com o braÁo esquerdo estendido e o direito retraÌdo, enquanto gritam alternadamente: hu! ha! hu! ha! AtÈ que chocam as m„os direitas e enlaÁam o pescoÁo do advers·rio com a esquerda. A luta, que pode durar poucos segundos, termina quando um dos advers·rios È derrubado, o que n„o tem que ocorrer literalmente, bastando que a parte posterior de um de seus joelhos seja agarrada pela m„o do outro, o que È considerado condiÁ„o suficiente para provocar-lhe a queda. As aldeias convidadas n„o lutam entre si. Os enfeites dos troncos do Kwarup podem ser dados aos lutadores vencedores e tambÈm aos dois tocadores de marac·..<br />
QuerÍncia, Mato Grosso, Brasil. <br />
Foto Paulo Santos<br />
26/07/2015<br />
<br />
Fonte: ISA