« back to search results
Share
twitterlinkedinfacebook
Image 15 of 2620
< Prev Next >
Caso Dema 6V0023 ©PS.jpg
Corpo do sindicalista Dema retorna ao cemitÈrio apÛs exumaÁ„o. Par· Brasil<br />
Foto Paulo Santos/Interfoto<br />
2001<br />
<br />
Passeata em manifestaÁ„o pelo assassinato do lÌder sindical Ademir  Federicci em Altamira no Par· (Da esq. para direita)AntÙnio JosÈ Federicci, irm„o- Marina Feu, viuva- Catarina Feu, m‡e viuva - Cleber Fideu , filho.<br />
Foto Paula Sampaio<br />
31/08/2001<br />
<br />
Ademir Alfeu Federicci foi baleado em sua casa na madrugada de 25/08. Acredita-se que o crime tenha motivação política, já que Dema, como era chamado, era a principal liderança em Altamira (PA) na luta contra latifundiários, madeireiros e barragens. Uma manifestação acontecerá na sexta-feira em protesto contra a violência na região.<br />
<br />
<br />
Na madrugada de 25/08, por volta de 02:30 horas, Ademir Alfeu Federicci, um dos coordenadores do Movimento pelo Desenvolvimento da Transamazônica e do Xingu (MDTX)) foi assassinado. Segundo relato da polícia civil local, sua casa foi invadida por um homem armado, com quem Dema travou luta corporal e de quem recebeu um tiro que o atingiu na cabeça. A versão oficial dá conta de que se tratou de um assalto. Mas, de acordo com Ayrton Faleiro, diretor de Política Agrária da Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores Agrícolas), não foi realizada perícia no local, nem exame de balística e o corpo só chegou à funerária duas horas depois de ter sido retirado da casa.