« back to search results
Share
twitterlinkedinfacebook
Image 2 of 379
< Prev Next >
Carcará Aves de Rapina 09060005 ©PS.jpg
O Caracará, é uma das espécies mais comuns e populares do Brasil. Conhecido também como Carancho (Sul do Brasil), carcará e caracaraí (na Ilha de Marajó) além de gavião-de-queimada, etc. Embora seja parecido com uma águia ou algum tipo de urubu o caracará na verdade é um parente distante dos falcões, pertencendo a mesma família deles, os falconídeos (Antas, 2005; Sick 1997). Medindo cerca de 56 cm da cabeça a cauda e 123 cm de envergadura, o caracará é facilmente reconhecível tanto em vôo quanto pousado. Possui plumagem na parte superior preta e o peito é uma combinação de marrom claro com riscas pretas rajadas; patas compridas e de cor amarela; em voo, assemelha-se a um urubu, mas é reconhecível por duas manchas de cor clara na ponta das asas. Além disso, como principal caracteristica possui cabeça clara com um tipo de penacho negro na cabeça em forma de “topete”, a pele nua em volta da narina é, geralmente, vermelha ou carmim. No entanto, a ave pode, em questão de segundos, mudar para amarelo. Provavelmente, essa mudança ocorre com aumento ou redução da quantidade de sangue circulando na superfície, com essa variação atendendo ao estado emocional do momento. A ave juvenil diferencia-se pelo peito sem o padrão de listras e o branco do peito e cabeça. Essas áreas são claras, com riscas longitudinais mais escuras, além do corpo ser cinza escuro, quase negro (Antas, 2005; Sick 1997).<br />
Carajás, Pará, Brasil.<br />
Foto Paulo Santos Parque Zoobotânico Vale em Carajás